Brasil sediará Copa Feminina de 2027; Arena Pantanal será um dos palcos

País supera candidatura tripla da Europa no Congresso da Fifa e é escolhido para organizar a décima edição do evento

Nesta sexta-feira (17), foi anunciado que a Copa do Mundo Feminina de 2027 será realizada no Brasil, com a Arena Pantanal, em Cuiabá, entre os estádios que sediarão os jogos.

A candidatura brasileira venceu a proposta europeia – composta por Holanda, Alemanha e Bélgica – com uma votação de 119 a 78 durante o Congresso da Fifa, realizado em Bangkok, na Tailândia.

Esta será a décima edição da principal competição de seleções do futebol feminino e a primeira a ser disputada na América do Sul. Como país anfitrião, o Brasil já está automaticamente classificado para o torneio. Os demais nove países da Conmebol competirão por três vagas.

O Mundial Feminino de 2027 será o segundo a contar com 32 seleções participantes, mantendo o formato da Copa de 2023, vencida pela Espanha.

Organização e Locais dos Jogos

Com o Brasil definido como sede, a Fifa planeja abrir uma subsidiária no país para começar a organização do evento.

A proposta brasileira, que venceu a eleição, inclui a utilização de dez estádios para a Copa do Mundo de 2027:

  • Beira-Rio (Porto Alegre)
  • Arena Corinthians (São Paulo)
  • Maracanã (Rio de Janeiro)
  • Mineirão (Belo Horizonte)
  • Fonte Nova (Salvador)
  • Arena Pernambuco (Recife)
  • Arena Castelão (Fortaleza)
  • Arena Amazonas (Manaus)
  • Arena Pantanal (Cuiabá)
  • Mané Garrincha (Brasília)

A partida de abertura está prevista para o dia 24 de junho, uma quinta-feira, e a final para o dia 25 de julho, um domingo, ambas no Maracanã. As semifinais seriam realizadas em Brasília e São Paulo, enquanto a disputa pelo terceiro lugar seria em Belo Horizonte. No entanto, essas decisões finais serão determinadas pela Fifa, assim que a estrutura de organização da Copa do Mundo for estabelecida.




Fonte: Esporte MT